quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

A LUZ DO MUNDO – DEVOCIONAL 24/02/2010

Irmão Rafael Jácome
Jo 8.17: “De novo, lhes falava Jesus, dizendo: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá luz da vida.”

        Estava aproximando-me da casa da minha noiva quando um dos seus vizinhos me abordou: “Boa noite, tudo bem? Como vão as coisas?“ Nas suas perguntas percebi que ele queria aproximar-se de mim e iniciar uma conversa informal. Mas o que mais me chamou atenção foram suas palavras sobre o meu comportamento: “Fico impressionado como você é calmo, sereno, tranquilo,...”

        Enquanto conversava com ele, sentia dentro de mim uma enorme inquietação, como se não aceitasse aqueles “elogios”, pois não queria ser apenas reconhecido por minhas características humanas. Algo me deixava impaciente como que me alertasse: “é muito pouco, você não pode ser resumido a isto”.

        Despedi-me do senhor e quando cheguei em casa, abri a Bíblia e me veio este trecho de Jo 8.17. Conclui que a inquietação tinha uma justificativa: “Tu dás testemunho de ti mesmo, logo, o teu testemunho não é verdadeiro” (Jo 8.13), ou seja, de nada me vale se não ando na luz, se a luz do mundo, Cristo, não estiver em minha vida.

        É frustrante para o crente ser reconhecido apenas por suas qualidades humanas, ele tem que ser um imitador de Cristo, viver em plena unidade com o Deus Trino, estando no mundo, mas não sendo do mundo, pois das trevas o Pai já nos salvou.

        Percebam que a questão não é apenas da não conformidade com a minha natureza humana, ela é importante e vital para o meu relacionamento com Deus e com o próximo, no entanto eu QUERO MAIS e Cristo é quem deve resplandecer em minha vida – “Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a “verdade” e a verdade vos libertará”(Jo 8.31-32)

DEUS É FIEL!                                                                                                             Rafael Jácome

Nenhum comentário: