sexta-feira, 28 de maio de 2010

ABRA A PORTA PARA A RIQUEZA DO AMOR DE DEUS.

Irmão Rafael Jácome


        Muitas vezes nos encontramos desolados como se nada fosse possível resolver os nossos problemas. Tornamos-nos escravos do momento. Às vezes deixamos levar pelos sentimentos que nos vem em mente e mesmo que tentemos mudá-los, não conseguimos livrar um só instante da dor, do medo, da opressão e das injustiças. Quantas vezes nos revoltamos com todos, querendo culpá-los por tudo. Chegamos muitas vezes a afirmar: “Estou sofrendo por sua culpa”.

        Ficamos presos ao nosso mundo, vendo as falhas dos outros e fechamos o nosso coração, sem deixar que Deus e o próximo entrem no nosso Templo e nos ajudem a chegar ao amor. Nesse instante tudo tem lugar: o ódio, a vergonha, a miséria, a injustiça, o medo, a traição,... Tudo que nos escraviza. A tristeza com seu poder toma conta dos nossos atos: sentimos infelizes, incapacitados e medrosos.

“E os discípulos vendo-o caminhar sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram, com medo.” (Mt 14.26)

        A cada momento de fraqueza humana da nossa parte, vem esse sentimento de angústia. Mas tudo o que queremos é ser felizes, então por que acontecem essas coisas? “Eu acredito em mim, no meu potencial, na minha juventude, mas por que esse tédio?” Mesmo assim não acreditamos e quando olhamos no espelho, estamos presos dentro do nosso próprio templo humano, vazios. Podemos ter atingido o melhor posto no trabalho, no entanto, a mesma angústia, ou seja, percebe-se que o sucesso, o poder e o dinheiro não trazem a felicidade.

        Para dificultar ainda mais, a televisão e os grandes jornais e revistas invadem o nosso mundo, descrevendo o sentimento de muita gente, aparentemente bem sucedida, mas que, no entanto, sabemos que apesar do sucesso, caem por terra sem ideal e amor. Conhecemos pessoas ricas, mas infelizes na família, na saúde e no amor.

“Mais digno de ser escolhido é o bom nome do que as muitas riquezas; e a graça é melhor do que a riqueza e o ouro”. (Pv 22.1)

“A coroa dos sábios é a sua riqueza, a estultícia dos tolos é só estultícia.” (Pv 14.24)

        Nós humanos somos os únicos seres vivos que podem refletir sobre a forma de viver. Os animais apenas vivem nesse mundo, no entanto, o homem ao contrário rompe essa adesão de “estar no mundo”. Ele é capaz de transformar, decidir, criar, recriar e perdoar, mudando o rumo da sua história.

        Mas quando nos sentimos incapazes é melhor entregar tudo a DEUS. Pois disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.”(Jo 14.6) Ele opera o milagre em nossas vidas.

DEUS É FIEL!                         Rafael Jácome

Nenhum comentário: