domingo, 19 de junho de 2011

TORRE DE BABEL

Consultor Rafafel Jácome

Tem um amigo que sempre defende o diálogo. Ele diz que enquanto houver possibilidades de diálogo, tudo pode ser contornado, resolvido. Agora, quando a unidade é quebrada e alguma das partes não admite mais a restauração, não adianta.
É exatamente neste momento que ele declara aberta a sessão da Torre de Babel. Moral da história: "quando o ódio derruba o diálogo, ocorre a diáspora". Quem tem olho que veja, quem tem ouvido que ouça.
A VITÓRIA É NOSSA.

Nenhum comentário: