quarta-feira, 21 de novembro de 2012

AS CARÊNCIAS DO DESENVELVOLVIMENTO URBANO INTEGRADO NAS COMUNIDADES ATENDIDAS PELO TRANSPORTE DE TRENS.

Por Rafael Jácome

Por Rafael Jácome 

Tempos atrás quando exercia a gerência de Planejamento da Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, fui convidado pela equipe do Rio de Janeiro para colaborar com o Projeto de Desenvolvimento Urbano Integrado das Áreas de Influência do Sistema de Transporte Sobre Trilhos de Natal. Após  análises dos dados ficou evidente que as áreas atendidas pelo transporte de trens, são carentes de infraestruturas e marcadas pela insensibilidade das autoridades locais. Passados uma década, ainda falta um grande salto qualitativo rumo a um desenvolvimento urbano integrado do município de Natal, principalmente no que se refere às áreas localizadas próximas à linha férrea.
A situação se agrava quando passamos para os demais municípios servidos pelo trem: Parnamirim, Extremoz e Ceará Mirim. Um alto índice de carências pode interferir de modo negativo, no tocante à atração de investimentos capazes de promover o desenvolvimento da região, da mesma forma, que já aponta para as dificuldades dos municípios em criar as condições necessárias para um crescimento mais igualitário.
Atualmente, a cidade de Natal, assim como a maioria das cidades brasileiras, apresenta um crescimento desigual com forte exclusão social, onde o próprio setor público reforça essa exclusão, dotando partes das cidades de infraestrutura de saneamento, abastecimento de água, fornecimento de luz e implantação de serviços de coleta de lixo domiciliar em detrimento de áreas ocupadas por uma classe de renda mais baixa.
Nesse contexto, as áreas mais carentes e empobrecidas da região são o alvo do projeto em questão. Uma breve análise nas comunidades lindeiras atendidas pelo transporte de trens, aponta o alto grau de necessidades e da urgente intervenção de investimentos, assegurando a melhoria da qualidade de vida dos seus moradores e do crescimento urbano organizado e sustentável.
A PAZ DO SENHOR!                  Rafael Jácome

Nenhum comentário: