quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Max Weber, o Capitalismo e as diferenças entre católicos e protestantes

Por Rafael Jácome


              Outro dia conversava com um amigo e dizia que as diferenças entre os católicos e os protestantes, não ocorriam somente no campo teológico/doutrinário, mas também no economico/social. Enquanto falava me lembrava das aulas de sociologia e do livro de Max Weber “A Ética Protestante  e o Espírito do Capitalismo”. No livro ele afirma que até a forma de como encarar o mundo é diferenciado: “com base em certas impressões comuns, poderíamos ser tentados a admitir que a menor mundanidade do catolicismo, o caráter ascético de seus mais altos ideais tenha induzido seus seguidores a uma maior indiferença para com as boas coisas deste mundo. E tal explicação reflete a tendência de julgamento popular de ambas as religiões. Do lado protestante, é usada como base das críticas de tais ideais ascéticos (reais ou imaginários) do modo de viver católico, enquanto os católicos respondem com a acusação de que o materialismo resulta da secularização de todos os ideais pelo protestantismo.”
               Max durante suas explicações afirma que o católico é mais "quieto, tem menor impulso aquisitivo, prefere uma vida mais segura possível, mesmo tendo menores rendimentos, a uma vida mais excitante e cheia de riscos, mesmo que esta possa lhe propiciar a oportunidade de ganhar honrarias e riquezas. Diz o provérbio, jocosamente: “Coma ou durma bem”.
 
               Neste caso, o protestante prefere comer bem, e o católico, dormir sossegado”.

Nenhum comentário: