sábado, 24 de novembro de 2012

Papa Bento XVI afirma que calendário cristão e data do nascimento de Jesus estão errados em vários anos

Por Notícias Gospel

O calendário cristão, que é baseado no ano de nascimento de Jesus, estaria atrasado devido a um erro de cálculo, afirmou o Papa Bento XVI.
As declarações estão na série de livros com três volumes chamada “L’Infanzia di Gesu”, escrito pelo próprio Bento XVI e editado pela Casa Publicadora do Vaticano em parceria com a editora Publicações Rizzoli.
Segundo o Papa, o cálculo do calendário cristão usado atualmente foi feito pelo monge Dionysius Exiguus, que havia errado em alguns anos. Essa afirmação do líder católico reforça a tese de estudiosos que afirmam que o nascimento de Jesus teria acontecido entre 4 e 6 anos antes da data conhecida atualmente.
O cálculo do início do nosso calendário – baseado no nascimento de Jesus – foi feito por Dionysius Exiguus, que cometeu um erro em seus cálculos por diversos anos – escreveu Bento XVI, de acordo com informações do Daily Mail.
Entretanto, essas não são as únicas afirmações polêmicas publicadas na trilogia de livros. Bento XVI também afirma que não haviam animais no presépio onde Maria deu à luz Jesus, e justifica dizendo que a Bíblia não menciona isso, e que os anjos nunca cantaram para os pastores anunciando o nascimento de Jesus.
O livro deverá ser lançado em inglês em breve, com o título “Jesus of Nazareth: The Infancy Narratives” (em tradução livre: Jesus de Nazaré: Narrativas de Sua Infância).
Por Tiago Chagas

Um comentário:

Rafael Jácome disse...

Este não é um fato novo. Não obstante a igreja católica não divulgar, os estudiosos há muito tempo afirmavam o erro da datação do nascimento de Jesus Cristo.