segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Sem dinheiro, Prefeitura de Natal usa Exército e Marinha como "garis" em mutirão de limpeza

 Fonte:
Aliny Gama
Do UOL, em Maceió
       A falta de coleta de lixo regular vem provocando o acúmulo de lixo nas ruas de Natal. Sem dinheiro para contratar pessoal para trabalhar na coleta do lixo da cidade, a prefeitura vai usar homens do Exército e da Marinha como "garis" a partir deste sábado (1º) para tentar normalizar a limpeza pública da capital potiguar.
       As ações vão ocorrer até a regularização da coleta de lixo na cidade, segundo a prefeitura de Natal, em reunião com o governo do Estado e os órgãos participantes.
“Ao todo 150 garis serão deslocados para atuar neste trabalho, que atenderá a um calendário que alcançará as zonas leste, norte, oeste e sul até o final do ano, chegando a todos os bairros da cidade”, segundo a prefeitura de Natal.
      O mutirão deste fim de semana começa na zona leste da cidade, nos bairros de Mãe Luiza, Rocas, Santos Reis, Praia do Meio, Ribeira, Centro, Petrópolis, Tirol, Barro Vermelho, Alecrim, Lagoa Seca, Quintas e Bairro Nordeste.
      O governo do Estado deve pagar os custos das ações de limpeza e disponibilizou uma estrutura de 10 caçambas e duas máquinas do DER (Departamento Estadual de Rodagens), enquanto as forças armadas cederam duas máquinas, seis caçambas e um ônibus para o transporte dos trabalhadores envolvidos na ação para os locais do mutirão.
      Segundo o presidente da Urbana (Companhia de Serviços Urbanos de Natal), João Bastos, o trabalho será “intensificado nas principais vias das quatro regiões administrativas de Natal”. “De segunda a sexta-feira faremos o serviço de varrição, capinação e pintura de meios fios e aos sábados e domingos retirada de entulho e poda com máquinas e equipamentos da Urbana, Marinha, Exército, CBTU, DER e demais parceiros”, disse.
    Em paralelo ao mutirão dos fins de semana, os serviços tradicionais de limpeza da cidade como a de canteiros e terrenos baldios, serão realizados normalmente para tentar manter a cidade limpa após a passagem de cada etapa do mutirão.
    O anúncio da ajuda à prefeitura ocorreu no 30º dia de administração do prefeito Paulo Eduardo Freire (PP), que assumiu o lugar da prefeita afastada Micarla Sousa (PV), acusada pelo MP (Ministério Público Estadual) de participar de esquema de desvio de recursos destinados à Saúde municipal.
     O prefeito de Natal pediu a contribuição da população para que não suje as ruas e entregue o lixo nos horários das coletas. “O principal ator deste trabalho não são os entes envolvidos, mas a população que precisa se conscientizar e contribuir não colocando lixo nos canteiros. Conclamo os natalenses a participarem do mutirão e entregar uma cidade limpa para próxima gestão”, disse o prefeito, prometendo que Natal ficará limpa até o fim de 2012.
      As ações da Operação Limpa Natal contam com a participação de servidores do Executivo Municipal, trabalhadores da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), da Federação do Comércio (Fecomércio), do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Promotoria do Meio Ambiente.

Nenhum comentário: