quarta-feira, 20 de março de 2013

A Autoridade de Jesus

Por Rafael Jácome


     As pessoas temiam que aceitar a mensagem escatológica eliminaria a importância de Suas palavras para o nosso tempo; daí a ansiedade com que se procurava nelas elementos que não teriam um conteúdo escatológico. (...) Na verdade, porém, o que há de eterno nas palavras de Jesus deve-se ao fato delas estarem baseadas numa visão escatológica de mundo e conterem os pensamentos de uma mente para a qual o mundo contemporâneo, com as suas circunstâncias históricas e sociais, não tinha mais existência. Elas são apropriadas, então, a qualquer mundo, pois em qualquer mundo podem despertar o homem que se atreva a encarar o seu desafio e não distorce o seu significado, tornando-se ocas e vazias. Trata-se de uma mensagem acima do mundo e do tempo  de qualquer homem, que o liberta por dentro, de modo que fique apto para, em seu próprio tempo e mundo, tornar-se um simples canal do poder de Jesus. (...) Por que poupar o espírito  humano da tarefa que lhe foi apontada: lutar através da negação do mundo proposta por Jesus, combater ao Seu lado a cada passo do caminho, contra o valor dos bens materiais e intelectuais, num conflito sem desccanso?
 
     Albert Schweitzer, A busca do Jesus histórico (1968 - 402)

Nenhum comentário: