domingo, 17 de março de 2013

O Pensamento Indiano e suas Características

Por Rafael Jácome
 
     Fui convidado pela mocidade da Igreja Assembléia de Deus, Congregação Cidade Nova 1, para dá uma palestra sobre a cultura oriental. Como será realizada em abril, começa a formular algumas idéias e compartilhar com meus amigos leitores. Aceito sugestões.
 
     Os indianos são considerados um povo filósofo entre os que formam o oriente.O seu maior destaque para o mundo da filosofia é o senso profundo do problema da vida e do mal, e a consequente desvalorização do mundo empírico em que domina o sofrimento e a morte. Apesar de suas características, ela não conseguiu, porém, dá uma solução racional a esses problemas, devido a falta de uma metafísica racional, mas concebeu e influenciou os elementos da renúncia e da ascética, para a salvação do homem.
 
     A corrente filosófica indiana influenciou por longos anos a cultura oriental. Sua duração foi desde os anos 1000 a.C até 1000 d.C, a qual cessou e deixou de ser vital, deixando brechas para a entrada do sincretismo neo-bramânico e induísta.
 
     A védica é considerada a religião mais antiga da ìndia, recebe este nome devido os livros sagrados denominados de Veda. O tema principal dela não é a adoração à divindade, mas no sacrifício. Tudo depende do sacrifício e suas divindades são naturalistas.

Nenhum comentário: