sexta-feira, 22 de março de 2013

Participação Popular

Por Rafael Jácome

     Quando um povo colonizado é impedido de participar das decisões que definem a sua própria vida, ele pode se voltar com um ânimo redobrado para as suas tradições culturais. Os ritos e as tradições religiosas passam a ter, então, uma importância especial, pois são o único aspecto da sua vida que permanece sob mínimo de dignidade, os povos colonizados tendem a se prender ainda mais às normas, tradições e rituais de sua religião, como um símbolo de liberdade e da independência que possuiam no passado. Isso faz com que sejam ainda mais sensíveis a qualquer violação destes símbolos.
                        Richard A. Horsley (1987, 128)

Nenhum comentário: