domingo, 14 de abril de 2013

ÁGAPE

Por Rafael Jácome
Fonte: Extraído do dicionário Teológico de Andrade

     Termo utilizado para descrever o amor em sua mais alta e sublime acepção. É o amor que não se preocupa em receber, mas em dar (Jo 3.16). Por intermédio de Jesus Cristo, tornamo-nos objetos deste amor independentemente de nossos méritos e obras.
     O ágape, em suma, é o amor que só Deus pode dispensar-nos. É com este tipo de amor que devemos amar-nos uns aos outros: "Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros" (Jo 13.34).
 Ágape era também uma refeição compartida entre os cristãos primitivos. Nes te banquete, serviamse pão e vinho, legumes e sal, peixes e carnes, aves e queijo, leite e mel. Nas igrejas orientais e ortodoxas, o rito é ainda observado.

Nenhum comentário: