sábado, 18 de maio de 2013

A certeza da salvação em vidas transformadas

Por Rafael Jácome
Fonte: Extraído da Teologia Sistemática de Eurico Bergsten


As evidências externas da salvação

  Evidências externas são as que acompanham cada vida transformada. Elas podem ser vistas pelos que “estão de fora” (cf. Cl 4.5; 1 Co 5.12; 1 Ts 4.12; 1 Tm 3.7). Quando Saulo se converteu, o povo falava: “Aquele que já nos perseguiu anuncia, agora, a fé que, antes, destruía” (Gl 1.23,24). As evidências externas também são chamadas “frutos do arrependimento” (cf. Mt 3.8). São indispensáveis, pois a Bíblia diz: “Por seus frutos os conhecereis” (cf. Mt 7.16). Ou seja, aquele que não possue os frutos do arrependimento, demonstra ainda que não se arrependeu. Quais são as evidências externas? 

Outra evidência importante no crente é que ele confessa o nome do Senhor (cf. 1 Jo 4.15; 2.23). Isso acontece porque o Espírito Santo está nele e testifica de Jesus no seu coração (cf. 1 Jo 2.20-24). Por isso, o crente sente prazer e fica impulsionado a confessar o nome do Senhor (cf. Mt 10.32; 1 Jo 4.2).

Nenhum comentário: