sábado, 11 de maio de 2013

A Natureza da Teologia

Por Rafael Jácome

 Nos dias atuais muitos cristãos não buscam conhecer a Palavra de Deus, estudando-a e aprofundando nas suas verdades. Estão querendo mais buscar informações oriundas dos pregadores e passam a comportar-se como meros expectadores do conhecimento. Vincent Cheung em seu livro "A Natureza da Teologia" declara:


 Muitos evitam estudar teologia para seu próprio conforto. O espírito anti-intelectual desta geração tem se infiltrado de tal maneira na igreja, que eles recusam crer que alguma atividade intelectual possua valor intrínseco. Para eles, até mesmo conhecer a Deus deve servir para um propósito maior, provavelmente pragmático ou ético. Embora o conhecimento de Deus deva afetar a conduta de alguém, é, contudo, um engano pensar que o empreendimento intelectual da teologia sirva um propósito que é maior do que ela mesma. Os cristãos devem afirmar que, visto que estudar teologia é conhecer a Deus, e conhecer a Deus é o maior propósito do homem, a teologia, portanto, possui um valor intrínseco. Jeremias 9:23-24 diz:

Assim diz o SENHOR: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em entender, e em me conhecer, que eu sou o SENHOR, que faço benevolência.

 A Natureza da Teologia - Vincent Cheung Page 1 of 2

Nenhum comentário: