quinta-feira, 23 de maio de 2013

O arrepedimento - a contrição que salva

Eurico Kemp


  O arrependimento opera uma verdadeira reviravolta na vida do homem. Aquele cuja mente, sentido e vontade estavam totalmente voltados para o mundo e para o pecado (cf. 2 Co 3.14; Ef 4.17; 1 Tm 6.10), de  repente volta-se para Deus. Essa mudança é total, pois abrange tudo em sua vida.

O seu arrependimento, antes obscurecido, sente o mal que praticou e compreende que Deus é o único caminho (cf. 2 Co 4.4). A sua consciência desperta e lembra-lhe o mal que praticou no passado.
No seu sentimento há agora remorso e tristeza. O arrependimento traz ao homem uma contrição (cf. 2 Co 7.9), gerando nele uma mudança de atitude. Assim foi com o filho cujo pai solicitou-lhe que fosse trabalhar na sua vinha. Primeiro ele não quis; mas depois, arrependendo-se, foi (cf. Mt 21.28,29).
Também a vontade fica dominada pelo poder do arrependimento. Ela se volta para Deus, desejando cumprir a sua vontade (cf. 1 Pe 4.2; Rm 6.17).

Nenhum comentário: