quinta-feira, 23 de maio de 2013

O caminho do arrepedimento

Por Rafael Jácome
Fonte: Dicionário Teológico de Bergsten


Para o crente guardar-se no caminho da salvação, importa que ande na luz, como o Senhor na luz está! Então, o sangue de Jesus purifica de qualquer falta que tiver cometido contra Deus (cf. 1 Jo 1.7,9). A atitude normal é o crente não pecar (1 Jo 2.1; 3.6). Mas, “se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o Justo” (1 Jo 2.1). Jesus viu graves falhas nas igrejas na Ásia Menor, que constituíam perigo, ameaça de morte espiritual (cf. Ap 3.1) e perda do castiçal. O próprio Jesus disse que batalharia contra elas (cf. Ap 2.16). Todavia, Jesus não ensinou às igrejas que “sendo já uma vez salvas estariam salvas para sempre”. Pelo contrário, advertiu àquelas igreja dizendo: “Arrepende-te”! (cf. Ap 2.5,16,21; 3.3,19). Um crente que vigia e se arrepende de qualquer falta cometida, conserva a sua alma lavada no sangue de Jesus e, confiando no poder de Deus, pode permanecer no caminho do Senhor até o fim! Que Deus nos guarde!

Nenhum comentário: