sábado, 18 de maio de 2013

Qual é o segredo da manifestação da certeza da salvação?

Por Rafael Jácome
Fonte: Extraído da Teologia Sistemática de Eurico Bergsten


  A certeza no íntimo do coração

 O próprio Deus encarrega-se de conceder a certeza àqueles que, confiando nEle, aceitam o seu convite. Toda a Trindade está diretamente envolvida na chamada do pecador: Deus (cf. Is 1.18), Jesus (cf. Mt 11.28) e o Espírito Santo (cf. Ap 22.17) dizem “VEM!” Quando o pecador vem a Jesus, é recebido (cf. Jo 6.37). Deus, então, como confirmação, envia o seu Espírito ao coração do penitente que começa a clamar: “Aba, Pai” (cf. Gl 4.6), testificando com o nosso espírito que somos filhos de Deus (cf. Rm 8.16). Assim, a certeza da salvação nasce dentro do coração!
 A própria experiência da salvação é tão marcante e revolucionária que, por si própria, gera uma certeza absoluta. Vejamos algumas expressões que salientam o que significa ser salvo: “Para lhes abrires os olhos e das trevas os converteres à luz e do poder de Satanás a Deus” (At 26.18), e: “Ele nos tirou da potestade das trevas e nos transportou para o Reino do Filho do seu amor” (Cl 1.13). É impossível ter uma experiência emocionante e penetrante sem que ela deixe em nós uma certeza absoluta de que a experimentamos. Após a experiência, poderemos dizer, como o moço que Jesus curou de cegueira: “Uma coisa sei, e é que, havendo eu sido cego, agora vejo” (Jo 9.25). Ninguém podia duvidar de que ele tivesse certeza do que lhe acontecera.

Nenhum comentário: