segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Alto Oeste e Seridó têm mais leitores no RN, Leste tem menos

24 de agosto de 2015

 por Eliana Lima


  • O Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE) encomendou ao Instituto Certus pesquisa inédita para saber sobre o perfil do público leitor do RN, suas práticas de leitura e principais dificuldades de acesso ao livro.
O levantamento apontou que aproximadamente dois terços dos potiguares não se consideram leitores, que as mulheres leem mais que os homens no estado e que as regiões Alto Oeste e Seridó são as que possuem mais leitores no interior.
De acordo com a pesquisa, 63,34% dos entrevistados, aproximadamente dois terços do total, não se declararam leitores regulares de livros. Os que se afirmaram como tal representam 36,66%, o terço restante. Esses declararam ainda que leem os mais variados gêneros da literatura, desde romance, que apareceu no levantamento como o mais lido no estado, passando por crônicas e até biografias.
Com 66,67%, as mulheres  leem o dobro do que os homens (33,33%). Proporcionalmente, mulheres com idade superior ou igual a 45 anos são as que mais leem no estado, enquanto que no grupo dos homens os que mais leem são os mais jovens, com idade compreendida entre 14 e 44 anos.
Dos entrevistados, 25,45% afirmaram que já leram dois livros em 2015. No item aquisição, os pesquisados declararam que 32,27% foram comprados, seguido do empréstimo de amigos e familiares (27,64%) e das bibliotecas (18,53%).
Com relação à internet, apenas 38,27% responderam que acessam obras literárias pela rede. No geral, a intensidade de leitura aumenta com o grau de escolaridade.
Com relação ao aspecto geográfico, as regiões Alto Oeste (43,51%) e Seridó (41,28%) são as que revelaram maior índice quantitativo de leitura, enquanto a região Leste foi a de menor valor deste indicador, com apenas 28,89%.
Foram ouvidas 1.203 pessoas em 25 municípios do Estado. O resultado foi apresentado na 9ª edição do Seminário Potiguar Prazer em Ler, que acontece até amanhã (25) no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cerume), em Natal. Evento promovido pelo IDE, Instituto C&A, Secretaria Municipal de Educação de Natal, Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Parnamirim e Secretaria de Estado da Educação e Cultura e destaca o direito do ser humano à leitura.
Municípios pesquisados: Macaíba, Extremoz e São Gonçalo do Amarante (Grande Natal); Caicó, Currais Novos, Acari e Parelhas (Seridó); Mossoró, Assú, Caraúbas e Areia Branca (Médio Oeste); Itaú, Pau dos Ferros, Patu e Alexandria (Alto Oeste); Touros, Goianinha e Canguaretama (Leste); Nova Cruz, Santa Cruz, São Paulo do Potengi e Tangará (Agreste/ Trairi); João Câmara, Macau e Lajes (Central). A cidade de Natal já havia sido objeto de pesquisa semelhante, também realizada pelo IDE, em julho do ano passado.

Prefeitura do Natal lança edital para ocupação de boxes do Mercado Modelo das Rocas

21/08/2015 16:20

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos
 (Semsur) e da comissão  Permanente de Licitação da Secretaria Municipal de
 Obras Públicas e Infraestrutura, lançou o chamamento  público para a ocupação
dos boxes do Mercado Modelo das Rocas. O edital tem como objetivo o
 credenciamento e seleção de pessoas jurídicas para a outorga do Termo de 
Permissão Remunerada  de Uso (TPRU) dos boxes do Mercado Modelo das Rocas. 

O edital se encontra disponível aos interessados na sede da Semov, localizada na Avenida Presidente  Bandeira, 2280, Lagoa Seca, devendo ser retirado no horário das 
8h às 13h, em dias úteis. O documento também está no site da Prefeitura do
 Natal: www.natal.rn.govbr.

Os interessados deverão apresentar os documentos de habilitação descritos
 no edital, na sede da Semov, até o dia 10 de setembro deste ano. A sessão
 de abertura das propostas será no dia 11 de setembro, às 08h30, no auditório
 da Comissão Permanente de Licitações – CPL/SEMOV. 

Os proponentes habilitados deverão apresentar proposta para apenas
 01 (um) Box previamente selecionado.  Outras informações ou esclarecimentos
 sobre o certame licitatório poderão ser obtidas na sede da Semov  ou através 
do telefone: (84) 3232-8121. 
O Mercado Modelo das Rocas contará com 83 boxes, 01 elevador, 02 escadas, 
04 entradas, 04 banheiros, 02 vestiários e um fraldário, todos totalmente 
adaptados para portadores de deficiência física. E além dos  boxes, o mercado
 terá também espaço para caixas eletrônicos, dois balcões de informações,
 sistema interno  de monitoramento eletrônico, zona de Wi-Fi, vigias e
 auxiliares de limpeza permanentes. A reforma  atingiu 95% neste mês e
 estão concluídas as partes referentes à acessibilidade, equipamento de 
combate  a incêndio, estacionamento, parte elétrica, hidráulica e hidrossanitária,
 restando apenas alguns acabamentos  para a finalização do todo. 


Edital publicado no Diário Oficial do Município do NATAL, quinta-feira
 20 de agosto de 2015 
http://portal.natal.rn.gov.br/_anexos/publicacao/dom/dom_20150820.pdf

Cidade da Esperança recebe ações de saúde, cultura e esporte

22/08/2015 13:10
  • Prefeitura do Natal
Ilo José






Palestras sobre saúde da mulher, atendimento odontológico, além de ações de
 cidadania, saúde, esporte e lazer. Esses foram os serviços oferecidos no 
evento promovido pela Fecemércio/RN em parceria com a Prefeitura do Natal,
 que movimentou o sábado (22) na Cidade da Esperança. O prefeito Carlos
 Eduardo e o presidente do sistema Fecomércio/RN, Marcelo Queiroz, 
prestigiaram a iniciativa.

Durante a solenidade de abertura dos trabalhos Carlos Eduardo e Marcelo
 Queiroz fizeram a entrega simbólica das unidades móveis de atendimento
 OdontoSesc e Informática e Gestão do Senac. Os equipamentos ficaram
 na praça em frente a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Esperança durante 
três meses. O prefeito de Natal e o presidente da Fecomércio ainda assinaram
 um contrato de parceria na área de capacitação de pessoas para inseri - los 
nos mercado de trabalho.

A população contará com serviços de alta qualidade. A OdontoSesc é uma
 unidade móvel equipada com aparelhos de ponta. Possui quatro consultórios, 
sala de  esterilização, de escovação e de raios-X com revestimento e área de
 espera. Cada consultório tem um monitor,  que exibe vídeos educativos ou
 musicais para relaxar o paciente. É com esta estrutura que o Sesc atenderá a 
cerca de 400 moradores do bairro a partir do dia 25; além disso, 1.500 alunos de escolas públicas serão  beneficiados com orientações em saúde bucal. 

Já por meio da unidade móvel de Informática e Gestão do Senac, também
 estruturada com equipamentos de alta qualidade e contando com profissionais qualificados, 60 pessoas serão beneficiadas com cursos de Operador
 de Computador e Excel Avançado. Serão quatro turmas de 15 alunos,
 com início a partir do dia 31 de agosto, nos turnos da manhã, tarde e noite.

A Prefeitura disponibilizou por meio da secretaria municipal de Saúde uma 
equipe para aferição de pressão  arterial, verificação de índice glicemico, 
confecção de cartão do SUS e distribuição de preservativos.

Carlos Eduardo enalteceu a importância da iniciativa e parabenizou todos 
que fazem a Fecomércio/RN, destacando a responsabilidade social da
 entidade que assume um papel de protagonismo ao promover eventos
 dessa categoria com foco em promover saúde, lazer e qualidade de vida 
para a população de Natal. Ele reiterou que a Prefeitura sempre estará 
disposta a ajudar a entidade no que for preciso: "É salutar a  realização 
de eventos dessa natureza. A população fica satisfeita. A cidade agradece
 a Fecomércio/RN por toda essa atenção".

Marcelo Queiroz agradeceu todo o apoio que a gestão do prefeito Carlos 
Eduardo vem oferecendo aos  projetos da entidade e ficou muito feliz com 
a participação popular. Ele ressaltou que o principal objetivo  dessa ação
 é democratizar os serviços oferecidos pelas instituições que compõe o sistema Fecomércio/RN,  ficando mais perto dos cidadãos:
 "É um compromisso nosso", reforçou.

Dia Nacional de Combate ao Fumo será celebrado com ações preventivas

4/08/2015 10:20
  • Prefeitura do Natal
Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Fumo, celebrado no próximo dia 29 de
 agosto, o Ambulatório de Prevenção e Tratamento de Tabagismo, Alcoolismo e
 outras Drogadições (APTAD) da Secretaria Municipal de  Saúde realizará uma
série de atividades de promoção à saúde e de conscientização em alusão à data. 

“O objetivo é reforçar as ações de sensibilização e mobilização da população para
 os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Além 
disso, o momento proporciona interação entre os usuários  e profissionais e
 melhora da qualidade de vida com ações recreativas e educativas”, destacou a 
coordenadora  do APTAD, Rhilma Nunes.

As comemorações que envolvem profissionais de saúde e usuários, contarão com
 oficina de musicoterapia com  o Grupo Dó-ré-médio, exibição do documentário
 “Fumando Espero”, discussão sobre o tema exposto,  degustação de lanche, e
 reabertura do curso “Deixando de Fumar Sem Mistérios”, entre outras ações.

PROGRAMAÇÃO DO APTAD
Dia 25/08, às 18h
Oficina de musicoterapia com o grupo Dó-ré-médio
Local: Sala de reuniões da UBS Pirangi 
Dias 31/08, 01/09 e 03/09
Apresentação do documentário Fumando Espero e discussão e reflexão sobre o tema.
Dia 02/09 às 18h30 
Início de uma nova turma do Curso “Deixando de Fumar Sem Mistérios”.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Renan e Levy lançam 28 propostas e querem cobrar por SUS


Planalto negocia 28 propostas polêmicas:
– regulamentar trabalhadores terceirizados
– revisar marcos jurídicos de áreas indígenas
– acelerar a liberação de licenças ambientais
– cobrar dos mais ricos pelo uso do SUS
– ampliar a idade mínima para aposentadoria
– vender terrenos da Marinha e prédio militares
A presidente Dilma Roussseff autorizou a sua equipe econômica a negociar com os governistas do Senado uma ampla pauta com medidas que possam ajudar a arrefecer a crise política e sinalizar para o final das dificuldades econômicas do país.
O documento “Agenda Brasil” contém itens polêmicos. Tudo foi formatado ao longo do dia de hoje (10.ago.2015). Participaram das reuniões na residência oficial da presidência do Senado os ministros Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento), Edinho Silva (Secom) e Eduardo Braga (Minas e Energia). Por parte dos senadores estiveram os peemedebistas Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Eunício Oliveira (CE).
O ministro Joaquim Levy ficou de dar uma resposta às 16h de 4ª feira (12.ago.2015) a respeito de quais temas o Planalto considera mais prioritários -e politicamente viáveis. O ministro da Fazenda deverá apresentar a posição do governo a Renan Calheiros e a um grupo de líderes de siglas pró-Dilma.
O Senado, do seu lado, também analisará todos os itens e dirá ao ministro quais são as votações mais exequíveis da chamada “Agenda Brasil”. Nesta 3ª feira (11.ago.2015), às 15h, o presidente do Senado, Renan Calheiros, comanda uma reunião de líderes partidários para definir a pauta da Casa.
PAUTA POLÊMICA
A chamada “Agenda Brasil” está dividida em três áreas: “Melhoria do ambiente de negócios e infraestrutura”, “Equilíbrio Fiscal” e “Proteção Social”. O texto traz propostas novas e defende algumas que já estão em discussão, como a “Lei de Responsabilidade das Estatais”.
Há muitos temas polêmicos propostos. Por exemplo, “regulamentar o ambiente institucional dos trabalhadores terceirizados, melhorando a segurança jurídica face ao passivo trabalhista potencial existente e a necessidade de regras claras para o setor”.
Segundo Renan Calheiros, não será um “liberou geral”, mas uma regularização de quem já atua de maneira terceirizada. “O país não pode ignorar que existem hoje 13 milhões de trabalhadores terceirizados”, diz o peemedebista. Para o presidente do Senado, o país precisa enfrentar esse passivo regulatório para se tornar mais atraente para investimentos e “para que o Brasil não perca o grau de investimento que está para ser reavaliado pelas agências de classificação de risco”.
O trecho sobre infraestrutura da “Agenda Brasil” propõe, a “revisão dos marcos jurídicos que regulam áreas indígenas“, com o objetivo de “compatibilizá-las com as atividades produtivas”. Também será revista a legislação sobre “investimentos na zona costeira, áreas naturais protegidas e cidades históricas“, para “incentivar novos investimentos produtivos”.
O governo quer ainda acelerar a liberação de licenças ambientais, estabelecendo prazos para a liberação deste tipo de autorização.
Chamada de “PEC [proposta de emenda constitucionais] das obras estruturantes”, essa medida se propõe a “estabelecer processo de fast track [caminho rápido] para o licenciamento ambiental” para obras listada no PAC (programa de aceleração do crescimento).
No trecho sobre os programas sociais, o documento sugere mudanças no funcionamento do SUS. Eis uma medida proposta: “Avaliar a possibilidade de cobrança diferenciada de procedimentos do SUS por faixa de renda. Considerar as faixas de renda do IRPF”. Ou seja, em teoria, passar a cobrar de quem é mais rico por atendimentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde –que hoje é universal e trata de pobres e ricos, indistintamente.
Ainda sobre o sistema de saúde: “Avaliar a proibição de liminares judiciais que determinam o tratamento com procedimentos experimentais onerosos ou não homologados pelo SUS“. Nesse caso, hospitais e planos de saúde privados poderiam mais facilmente se livrar de alguns atendimentos aos seus clientes.
Para a Previdência Social, a “Agenda Brasil” fala em outra medida há muito tempo desejada pelo governo: “Ampliar a idade mínima para aposentadoria“.
De interesse do governo, para aumentar a arrecadação, há medidas como a imposto sobre heranças com alíquota de 25%, venda de terrenos da Marinha e de edificações militares e “favorecer maior desvinculação orçamentária, dando maior flexibilidade ao gasto público“.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Pra que construir mais uma ponte em Natal?

10/08/2015
Por Rafael Jácome

     A cidade do Natal é privilegiada por suas belezas naturais e riquezas turísticas. É uma das mais visitadas do Brasil e do mundo. Anualmente, milhares de pessoas são atraídas para conhecê-la. Dividida pelo Rio Potengi, Natal tem na zona Norte aproximadamente 350 mil pessoas, uma média de 40% da sua população que diariamente deslocam-se para as outras regiões. Com a facilidade do acesso ao crédito financeiro para compra de veículos, cresce a cada dia o número de veículos circulando em suas ruas.
    Ao longo da sua história, foram construídas duas pontes ligando suas regiões, entretanto, a mobilidade urbana da região continua precária, emblemática e caótica. Nos momentos de ida e vinda dos seus moradores, é constante encontrar pontos de congestionamentos. Diante disto, algumas pessoas e o governo do estado do RN estão defendendo a construção de uma terceira ponte, visando minimizar esta situação. O fato é que até hoje, mesmo depois de muitos anos da construção das pontes existentes, nunca foram feitas obras estruturantes para melhorar a acessibilidade para elas. Tanto os moradores, quanto os turistas, sofrem com as ausência de vias projetadas, limpas e devidamente asfaltadas e conservadas. 
     A Ponte Newton Navarro, por exemplo, nunca teve suas obras finalizadas, pelo contrário, elas foram abandonadas e desde então o caos proliferou nos seus arredores. O que a cidade precisa não é de uma nova ponte, inclusive já orçada em R$ 110 milhões (ainda virão os aditivos), mas de ações que venham ser realizadas em suas vias de acesso. Natal nestes trechos não tem ciclovias, faixas para pedestres (disputam espaços com veículos, animais e lamas), vias exclusivas para ônibus, passarelas, sinalização adequada, ... O problema não está nas pontes e sim nos seus arredores.
     Pouca coisa se faz para melhorar a mobilidade urbana desta cidade tão linda e maravilhosa para morar e bonita para se visitar.
      Diante disto, qual é o interesse do governo do estado em construir mais uma ponte?

Prefeitura oficializará contrato do Hospital Municipal de Natal

07/08/2015 17:05
  • Prefeitura Municipal do Natal

Marco Polo
O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, e o secretário municipal de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, oficializam na tarde desta segunda-feira (10) o contrato de arrendamento do Hospital Municipal de Natal. A solenidade será realizada no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura de Natal, às 16h. O Hospital terá capacidade para no mínimo 80 leitos, sendo dez de Terapia Intensiva, cinco de psiquiatria, oito de pediatria clínica, 35 de clínica médica e 22 de clínica cirúrgica. A unidade hospitalar contará com atendimento em ortopedia clínica 24 horas e pronto atendimento adulto e infantil 24 horas. Funcionando na sua capacidade total, o Hospital Municipal de Natal realizará em
média 23 mil atendimentos por mês e cerca de 500 internações.

O Hospital Municipal de Natal realizará cirurgias eletivas nas áreas de cirurgia
geral, ortopedia e urologia e concentrará os atendimentos que hoje são
realizados no Pronto Atendimento Infantil Sandra Celeste e o Hospital dos
Pescadores. “Nossa meta é garantir um modelo de gestão e de atenção á saúde,
visando atingir novos patamares de prestação dos serviços para proporcionar
elevada satisfação ao usuário, associada ao aperfeiçoamento do uso dos recursos
públicos”, destaca o secretário Luiz Roberto Fonseca.

A nova unidade hospitalar contará com recepção, sala de atendimento, salas administrativas, sala de reanimação, três salas no bloco cirúrgico, sala de Raios-X
baritada, repouso para as equipes assistenciais, estrutura de cabeamento lógico,
rede canalizada de gazes, central de esterilização, depósito de materiais de
limpeza,  subestação de energia com grupo gerador, espaço físico suficiente e 
necessário  para o Serviço de Nutrição e Dietética, refeitório, farmácia, sala de manutenção,  necrotério, laboratório, almoxarifado e ainda espaço físico adequado para pronto  atendimento com atendimento à urgência e emergência.

O secretário Luiz Roberto Fonseca explica que a ausência de uma estrutura
 hospitalar própria fez com que o município tivesse uma grande dependência
 da rede privada para dar conta da complementaridade dos serviços ofertados.
 “Essa dependência do setor privado se torna extremamente oneroso, pois a
 Secretaria suplementa os valores definidos na tabela SUS, que são incompatíveis com aqueles praticados no mercado e afastado a oferta de serviços pelos prestadores
 privados”, destaca o secretário Luiz Roberto Fonseca.

Natal não dispõe de hospital próprio habilitado para realização de internação
clínica adulto de média e alta complexidade, internação pediátrica, realização de
cirurgias gerais de média complexidade, realização de cirurgias ortopédicas de
média e alta complexidade, culminando com a necessidade de contratação
destes serviços em rede contratada/conveniada, sempre com prejuízo ao erário.

“O Hospital Municipal de Natal vem para minimizar a demanda reprimida dos
munícipes de Natal por leitos de internação clínica e cirúrgicas e de UTI, bem
como para ampliar a oferta de serviços para atenção às necessidades de cirurgias eletivas. Vamos descentralizar os serviços de internação tornando-os mais próximo do
cidadão”, afirma Luiz Roberto Fonseca. 
O Hospital Municipal de Natal vai funcionar no prédio do antigo Hospital Médico
Cirúrgico, localizado na  R. Cel. Joaquim Manoel, 654 - Petrópolis.

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Lei Maria da Penha completa nove anos em defesa dos direitos da mulher brasileira

07/08/2015 14:36
  • Prefeitura Municipal do Natal
Uma pesquisa realizada em março deste ano pelo instituto Instituto de Pesquisa
 Econômica Aplicada (IPEA) mostrou que os índices de violência contra a mulher
 estariam mais altos se não houvesse sido criada a Lei Maria da Penha, que
 completa nove anos nesta sexta-feira (07). A Lei 11.340/06, popularmente
 conhecida como Maria da Penha, é um dispositivo legal brasileiro que visa
aumentar o rigor das punições sobre crimes com teor de violência doméstica.
Só no Rio Grande do Norte, há em andamento no Judiciário Potiguar nada
menos do que 9.200 processos relacionados à violência doméstica e familiar
contra a mulher. O número é alarmante, mas muitas coisas estão sendo
feitas para a redução destes casos, inclusive pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Semul).


A Semul, juntamente com a Secretaria Municipal de Trabalho e
 Assistência Social (Semtas), realizam diversas atividades voltadas
 à comemoração do aniversário da Lei ao longo da semana, promovendo 
palestras sobre violência contra a mulher nos CRAS de Mãe Luiza, Vila
 de Ponta Negra e Lagoa Azul, nos dias 31 de julho, 04 e 07 de agosto. Além
 das palestras, a Semul também participa da segunda edição do evento Justiça pela Paz, realizado pelo Tribunal de Justiça, a fim de alertar para a reincidência de
 crimes contra a mulher. Foram debatidas temáticas de políticas públicas 
que defendam as vítimas, assim como o anúncio do TJ para a criação de 
um segundo Juizado da Violência Doméstica em Natal.



Sobre a Lei Maria da Penha

Maria da Penha é uma biofarmacêutica cearense, e foi casada com o professor
 universitário Marco Antonio HerrediaViveros. Foi em 1983 que ela sofreu
 a primeira tentativa de assassinato, quando levou um tiro nas costas enquanto dormia e ficou paraplégica. A segunda tentativa de homicídio aconteceu meses depois.
 Mesmo após 15 anos de luta e pressões internacionais, a Justiça Brasileira ainda não havia dado decisão ao caso, e só depois da entrada da Comissão Interamericana 
de Direitos Humanos (OEA) no processo foi possível a condenação de Viveiro
em 2002, cumprindo apenas dois anos de prisão.


A OEA acabou condenando o Brasil por negligência e omissão em relação à violência doméstica. Uma das punições foi a recomendações para a criação de uma
 legislação apropriada para esse tipo de abuso. Em setembro de 2006 a 
lei 11.340/06 finalmente entra em vigor, fazendo com que a violência contra
 a mulher deixe de ser tratada com um crime de menor potencial ofensivo. A
 lei também acaba com as penas pagas em cestas básicas ou multas, além
 de englobar, além da violência física e sexual, também a violência psicológica, 
a violência patrimonial e o assédio moral. 



Onde procurar ajuda em Natal



O Centro de Referência Elizabeth Nasser, junto com a Casa Abrigo Clara Camarão, faz parte da rede de atendimento à mulher vítima de violência da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres. Em 2014 foram atendidas no Centro 246 mulheres e na Casa Abrigo, 59 foram abrigadas junto com seus filhos. Neste ano, até agora, foram registrados 336 casos de violência contra mulheres no Centro e foram abrigadas na Casa, 31 abrigamentos. As mulheres que vão para a Casa Abrigo são as que correm risco de morte e não têm outro lugar seguro para ficar enquanto são providenciadas as medidas legais de proteção para elas.



Apesar do número crescente de ocorrências, ainda há muitos casos que não são denunciados. E, mesmo com tantos avanços e conquistas, a mulher ainda continua ocupando prioritariamente o espaço doméstico e não exerce atividade remunerada o que explica, em parte, a permanência delas junto ao agressor, por serem dependentes economicamente dele.



Centro de Referência Elizabeth Nasser 

Avenida Acaraú, 2118, Panatis, Zona Norte
(84) 3232.4875
Denúncias:
3232.1036 / (84) 3232.4875 / Disque 180 (ligação gratuita)

Projeto “Ruas de Lazer” leva recreação e saúde preventiva ao bairro do Alecrim

06/08/2015 10:30
  • Prefeitura Municipal do Natal

Divulgação
Seguindo a tradição das últimas edições, o projeto “Ruas de Lazer”, promovido pela Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEL), vai beneficiar um novo bairro de Natal. Desta vez, a ação acontecerá no bairro do Alecrim, zona Leste da capital, na sexta-feira (7), das 13h às 17h.


O local escolhido foi a Rua Vereador Pereira Pinto. Será uma tarde de serviços de saúde preventiva com aferição de pressão e avaliação de postura, todos feitos por alunos da Faculdade Maurício de Nassau, parceira da gestão na promoção do evento; cultura com apresentação dos palhaços
 Pethellecko e Pethellekinho e recreação com piscina de bolinhas, cama
 elástica, distribuição de algodão doce e água mineral, provenientes da
 parceria com a Ecomax Empreendimentos.
A participação é gratuita. “Convidamos a todos para participar desse que é
 um projeto todo pensado para o bem-estar da população de Natal”, lembra
 o titular da SEL, Eduardo Machado.

Natal ganha primeira torre de cobertura sustentável para telefonia celular no RN

07/08/2015 16:22
  • Prefeitura Municipal do Natal

Divulgação
O prefeito do Natal, Carlos Eduardo, em companhia do secretário municipal de Turismo, Fred Queiroz, participou na tarde desta sexta-feira (7) da instalação do primeiro biosite (antena) da operadora TIM no Rio Grande do Norte. O equipamento, de 18 metros de altura, faz parte do projeto de cobertura sustentável da empresa e foi instalado na área do hotel Vila do Mar, na Via Costeira, um dos pontos turísticos de grande concentração de pessoas que visitam a cidade.


“A TIM está de parabéns pela iniciativa de modernizar e avançar. Trata-se de um equipamento moderno, que não agride a estética da cidade e melhora um
 serviço que é essencial ao cidadão”, definiu Carlos Eduardo. O evento contou
 também com as presenças dos executivos da TIM, Leandro Guerra, Diretor 
de Relações Institucionais; Douglas Soares, Gerente de Operações de Rede
 para o Norte e Nordeste; Sergio Brasilis, executivo de Relações 
Institucionais; e Daniel Moreira, diretor de Vendas para o Nordeste.



A instalação do biosite é mais rápida e menos burocrática que as antenas
 tradicionais, já que o tempo de licenciamento é reduzido e não esbarra nos
 impasses decorrentes de legislações municipais, que dificultam a instalação
 de torres necessárias para atender à população. Em Natal, a implantação da
 nova solução foi possível a partir de uma parceria com a Prefeitura,  por
 meio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), que constatou 
a viabilidade do projeto e aprovou a utilização do equipamento.



“A visão de inovação da TIM e o engajamento da Semurb foram dois
 aspectos fundamentais para viabilizar, em curto prazo, a implantação do
 primeiro biosite em Natal. A Secretaria compreendeu a importância para a
 população e a necessidade de se dispensar um tratamento diferenciado em
 relação ao licenciamento deste tipo de solução”, ressaltou o diretor
 de Relações Institucionais da TIM, Leandro Guerra.



A principal função do biosite é possibilitar a ampliação da cobertura de dados
 (3G) em áreas conhecidas como de sombra (pontos onde as Estações
 Rádio Base – antenas tradicionais – têm dificuldade de alcançar) ou de grande 
de volume de tráfego de dados. O equipamento foi desenvolvido e patenteado pela TIM, conta com tecnologia 100% nacional e tem aparência praticamente igual à de 
um poste de iluminação, o que causa menor impacto urbanístico.



A ideia é que a TIM instale outro equipamento na capital potiguar ainda este
 ano, na área da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O 
primeiro biosite da TIM no país foi inaugurado em Curitiba, em junho de 2014, durante a copa do mundo. Atualmente, além de Natal, outras capitais como Recife, 
Manaus, Rio de Janeiro, São Luís e Brasília já foram contemplados com a 
novidade. Na região Nordeste, a companhia também entregará a solução 
em Maceió e Salvador. Até o final deste ano, mais de 300 equipamentos 
devem estar em pleno funcionamento no Brasil.


Fiscais apreendem 40 aves silvestres em situação irregular em Natal

07/08/2015 13:00
  • Prefeitura Municipal de Natal

Assessoria Semurb
Quarenta aves silvestres que estavam sob a posse irregular de particulares em Natal, nos bairros de Santos Reis e Redinha, foram apreendidas nessa última quinta-feira (6), numa ação de fiscalização. A operação realizada pela Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), em parceria, com a Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (Deprema) resultou também na autuação de nove pessoas, que vão responder por crime ambiental.

Foram apreendidas aves das espécies galo de campina, sibite, sábia laranjeira, azulão, golinha, bigodinho, sanhaço, gaturama, canário da terra, caboclinho e concriz. Os
pássaros foram encaminhados para o Aquário Natal, lá eles passam por uma avaliação e
triagem antes de serem devolvidos à
natureza, numa reserva do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos
 Naturais
 Renováveis (IBAMA) no interior do Estado.

“Essa operação é um trabalho de inteligência da Deprema que identificou os locais de criação
 para fazermos a fiscalização e apreensão”, comenta o supervisor de Ambientes
 Naturais e  Biodiversidade da Semurb, Gustavo Szilagyi. Ainda segundo ele, as 
aves eram mantidas como
 animais de estimação e os responsáveis pelos pássaros ficaram surpresos com a ação dos
 fiscais.

“Fizemos a intimação e os infratores vão responder por crime ambiental. Eles serão autuados
pela Semurb conforme prevê o decreto federal Nº 6514/2008. Além disso, a lei
também determina a quitação do valor pecuniário de R$ 500,00 por ave apreendida”, explica Szilagyi.

Essa é uma atividade contínua e rotineira da Semurb que desde o início deste ano até o momento, já resultou na apreensão de 377 aves. As espécies galo de campina, sibite, golinha, azulão e canário da terra lideram o ranking de apreensões.

Você também pode ajudar no combate aos maus tratos e tráfico de aves silvestres em Natal,  basta ligar para a Secretaria de Segurança Pública no 181, ou ainda, para a Ouvidoria da  Semurb pelo 3616-9823 ou 3616-9829 e fazer sua denúncia. A Ouvidoria da 
Semurb funciona  no horário das 8h às 14h. 

GINKANA DO COLÉGIO E CURSO CDF

Por Rafael Jácome

     O Colégio e Curso CDF está promovendo sua 13ª (décima terceira) Ginkana Cultural. Ela ressalta a importância de nomes que contribuíram com o desenvolvimento da ciência mundial: Isaac Newton, Galileu Galilei, Charles Darwin e Albert Einstein. Os alunos foram divididos em quatro grupos, cada um representando um dos personagens escolhidos pela coordenação do evento. As tarefas foram entregues desde o início do primeiro semestre e culminaram com as atividades que estão sendo realizadas no Ginásio da escola.
     
     Segundo o professor Josiberto, Diretor da escola, a Ginkana é um evento que mobiliza tanto os alunos, como todo o quadro de professores e de funcionários. "É uma oportunidade de criar um evento de "mãos dadas" com a equipe pedagógica. A maior riqueza é a participação massiva dos alunos, pois eles são responsáveis pela concretização das atividades e do empenho de tirar as melhores notas."
. O resultado será apresentado no final da tarde.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Fatores importantes para um equilíbrio na vida:

Por Rafael |Jácome


     Meus caros amigos e amigas, depois de muito tempo sem escrever no meu blog, trago uma declaração muito importante para uma boa condução dos meus bons dias. Muitos reclamam do nível de estresses e coisas parecidas, mas, com esta dica posso garantir que a qualidade de quem reclama, vai melhorar:

Fatores importantes para um equilíbrio na vida:

1) Defecar todos os dias;
2) Um bom sono;
3) O prazer orgasmático;
4) O bom humor; e
5) A satisfação no trabalho.

     Procurem encontrar este equilíbrio e, com certeza, suas vidas serão outras. Boa sorte!